Medicina e Segurança do Trabalho para todos os segmentos.

Além de ser uma obrigação social, cuidar bem da saúde e da segurança é uma exigência legal de acordo as Normas Regulamentadoras da legislação. Estar em conformidade com as normas evita colocar em risco a integridade e o bem-estar dos colaboradores e funcionários, promove um ambiente mais seguro e produtivo, além de propiciar as qualificações legais prevendo a legislação vigente.

O MDT auxilia e facilita a gestão das áreas de Medicina e de Segurança do Trabalho, por meio da integração do Plano de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA) e o Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO), fornecendo informações essenciais para um melhor controle da saúde e da integridade física dos trabalhadores, mantendo constantemente atualizadas as informações para emissão do Perfil Profissiográfico Previdenciário (PPP).

O sistema foi desenvolvido com base nas informações das NR – Normas Regulamentadoras brasileiras inerentes às áreas médica e ocupacional, proporcionando uma ampla gama de consultas e relatórios como: programação de exames periódicos, convocação para exames, questionários médicos, doenças ocupacionais, insalubridade, acidentes com vítimas, acidentes sem vítimas, relatório anual do PCMSO e relatório anual do PPRA.

  • Requisitos Legais e Outros  
  • Requisitos Legais e Outros

    O Objetivo principal do MDT é o atendimento dos Requisitos Legais inerentes à área de Saúde e Segurança do Trabalho a fim de facilitar e conduzir a gestão dos processos ocupacionais da organização. Dentre outras normas citamos algumas normas regulamentadoras que norteiam nossas funcionalidades:

    • a NR4 que regulamenta o SESMT;
    • a NR5 ligada as diretrizes da CIPA;
    • a NR6 que rege a obrigatoriedade da utilização de EPI's;
    • a NR7 que determina os exames obrigatórios (PCMSO);
    • a NR9 que objetiva a preservação da saúde e a integridade do trabalhador a partir do controle dos riscos ambientais (PPRA);
    • as NR's 15 e 16 que consideram insalubres e perigosas as atividades quando ocorrem situações além dos limites de tolerância;
    • a NR22 destinada as atividades da CIPA em mineradoras;
    • e a NR23 que determina a obrigatoriedade de recursos de proteção contra incêndio.
    Fechar
  • Controle de Riscos  
  • Controle de Riscos

    No MDT os riscos podem ser pontualmente identificados e caracterizados por colaborador ou para um grupo de pessoas que estiverem expostas, considerando a função, a atividade e a tarefa exercida.

    Por meio do PPRA o sistema possibilita ao usuário o registro dos riscos existentes na empresa, de tal forma que seja possível apontar para cada risco, o agente, a fonte geradora, a intensidade e o local exato do risco e ainda, o registro de planos de ações necessários para a eliminação ou minimização dos riscos identificados.


    Agente de Risco

    O registro do agente a que os colaboradores estão expostos que podem comprometer a sua saúde. Estes podem ser conforme a definição normativa: ruído, calor, vibração, poeira, entre outros. É importante ressaltar que no sistema podemos registrar todas as variações de intensidade da exposição aos riscos.

    Fonte Geradora

    É o cadastro do equipamento ou processo gerador do agente de risco no ambiente, feito no sistema. Desta forma cada fonte geradora de risco poderá ser facilmente visualizada no sistema, por meio de cada equipamento ativo na empresa que possa impactar na saúde ou segurança do colaborador.

    Local

    Esta definição é de suma importância para o sistema, pois, é por meio dela que serão pontualmente identificados todos os colaboradores expostos aos riscos ambientais por local, área ou atividade exercida. O sistema identifica os riscos para determinados grupos de pessoas que estiverem alocadas no mesmo centro de custo, função e tarefa.

    Risco x Plano de Ação

    Assim que definidos os riscos ambientais, o sistema permite elaborar e controlar planos de ação para minimização ou eliminação dos agentes de risco através da metodologia 5W2H. Vinculadas ao plano de ação estão as metas para o atendimento do objetivo principal.

    Exame x Risco

    Com base nos riscos identificados é feita a definição dos exames a serem realizados. No sistema podemos registrar e controlar todos os exames obrigatórios que irão compor anualmente, o Planejamento Médico de Saúde Ocupacional. No MDT, o Plano de Prevenção de Riscos Ambientais pode ser diretamente integrado ao PCMSO.

    Fechar
  • SESMT  
  • SESMT

    A implantação do SESMT depende da gradação do risco da atividade principal da empresa, do número total das atividades principais e do número total do quadro de empregados. O SESMT é composto por empregados da empresa sendo eles: um engenheiro de segurança do trabalho, um médico do trabalho, enfermeiro do trabalho, auxiliar de enfermagem do trabalho, técnico de segurança do trabalho.

    Na área da segurança os responsáveis poderão, por meio do MDT, desenvolver e controlar procedimentos internos de forma a zelar pela segurança do colaborador, identificando os equipamentos de segurança e técnicas de controle para cada função ou atividade que ofereça risco ocupacional ou ambiental.


    Os especialistas da área ambulatorial realizarão o efetivo gerenciamento do Plano de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO) integrado ao Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA). O sistema possibilita o controle de todos os atendimentos ambulatoriais, o controle de medicamentos, o controle das doenças por funcionário, por função, por risco e por centro de custo. O MDT auxiliará na gestão dos exames específicos para cada risco que o trabalho possa gerar. O MDT facilita e conduz a gestão das atividades desta equipe especializada, controlando os programas de melhoria contínua da Organização.

    Fechar
  • Prontuário Médico  
  • Prontuário Médico

    No MDT, o médico do trabalho pode gerenciar de forma rápida e dinâmica as atividades médicas ocupacionais dos colaboradores da organização. Dentro do prontuário médico estão as informações como a ficha de funcionário, a tabela CID, a agenda médica, histórico de atendimentos, histórico de doenças, restrições de trabalho, exames realizados conforme a legislação vigente, todos os ASO’s emitidos por funcionários, entre outras informações que complementam o diagnóstico médico.

    Fechar
  • Controle de Medicamentos  
  • Controle de Medicamentos

    Com o intuito de suprir a necessidade do controle interno de medicamentos pela organização, o MDT disponibiliza rotinas que facilitam o acompanhamento e lançamento das entradas e saídas. Estas movimentações auxiliam o responsável nas solicitações de reposição evitando a falta de medicamentos no ambulatório.
    Para facilitar e garantir o acesso aos medicamentos pelo colaborador, o MDT permite ainda a emissão de receitas médicas para os funcionários, seja para uso interno ou externo.

    Fechar
  • Programação de Exames  
  • Programação de Exames

    Com base no Plano de Controle Médico de Saúde Ocupacional, o SESMT poderá, através do sistema, gerar a programação dos exames obrigatórios a serem realizados pelos colaboradores periodicamente. Estes exames podem ser gerados pelo MDT a partir de três situações: exame por filial, exame por risco, exame por programa de saúde.

    Após a geração da programação dos exames, o usuário poderá encaminhar os colaboradores para a realização dos exames complementares através do programa de encaminhamento, que emite uma guia, com os dados do funcionário e do fornecedor onde o exame deve ser realizado. Feito este processo o MDT possibilitará a convocação dos colaboradores automaticamente alocando a agenda do médico do trabalho os que deverão realizar os exames periódicos.

    Fechar
  • Convocação para Exames  
  • Convocação para Exames

    O Processo de convocação dos colaboradores para a realização dos exames está baseado nas programações geradas pelo médico do trabalho. A definição dos critérios para esta convocação se dá mediante o estabelecimento do local a serem realizados os exames, o médico responsável, o período da programação e a data de realização. A partir da convocação, serão relacionados no sistema, os colaboradores que devem se submeter aos exames gerados para determinado período. O MDT grava estas informações na agenda do médico do trabalho, marcando o dia e a hora que o funcionário deverá comparecer para a realização dos exames.

    Fechar
  • Controle de EPI’S e EPC’S  
  • Controle de EPI’S e EPC’S

    O MDT possibilita ao usuário o cadastramento e gerenciamento de todos os equipamentos de segurança da empresa, sejam eles EPI’s ou EPC’s. Quanto aos EPI’s, o sistema permite o relacionamento dos equipamentos com seus respectivos fornecedores, sendo distribuídos aos funcionários de acordo com seu centro de custo, função exercida e ambientes de risco a que estão expostos.

    O MDT controla a entrega dos equipamentos individualmente, permitindo a emissão de recibo de entrega e recebimento. Além disso, o MDT controla o vencimento do certificado de aprovação de cada EPI, permitindo ao gestor da área de segurança prever a data de substituição dos equipamentos.

    Quanto ao Controle de EPC’s, o MDT possibilita além do registro de todos os equipamentos, o controle de manutenções preventivas e corretivas, o registro do histórico de serviços e seus custos, mantendo-os em perfeito funcionamento, atenuando os efeitos dos riscos e diminuindo a possibilidade específica para tratativa de extintores de incêndio, garantindo assim a conformidade e as exigências a cerca deste recurso por meio do planejamento de inspeções periódicas.

    Fechar
  • Controle de Acidentes  
  • Controle de Acidentes

    O MDT possui rotinas específicas que permitem o registro dos acidentes ocorridos na organização, esta ocorrência pode ser patrimonial, ambiente ou ocupacional. Após o detalhamento no sistema, de todas as informações pertinentes ao acidente ocorrido, o MDT disponibiliza ao gestor de segurança a emissão da CAT (Comunicação de Acidente de Trabalho). A CAT deve ser entregue à Previdência Social que irá protocolá-la, o número do protocolo deverá ser atualizado em um campo específico na tabela de acidentes para que este registro seja impresso também no PPP.

    Fechar
  • CIPA  
  • CIPA

    Seu objetivo é a prevenção de acidentes e doenças decorrentes do trabalho, tornando compatível o trabalho com a preservação da saúde do trabalhador. CIPA é composta por um representante da empresa, presidente designado, e representantes dos empregados, eleitos em voto secreto com o mandato de um ano e direito a uma reeleição e um ano de estabilidade. O MDT possibilita o gerenciamento da CIPA por meio do registro e controle dos componentes da chapa eleita, possibilita ainda a realização de investigação de acidentes ocorridos e a geração de planos de ação da CIPA para atenuar a possibilidade de acidentes na empresa.


    O MDT controla a gestão da CIPA em mineradoras, em conformidade com as diretrizes estabelecidas na NR 22, onde devem conter o representante da CIPA em todos os centros de custos da organização. Esta atividade possui várias outras legislações complementares que também podem ser gerenciadas no sistema.

    Fechar
  • Controle de Laudos  
  • Controle de Laudos

    Por meio das funções disponíveis no MDT o gestor de segurança poderá registrar e editar, quando pertinente, qualquer informação referente aos laudos técnicos, bem como aos documentos de base para geração de relatórios como o PPRA e PCMSO, possibilitando a emissão destes recursos através do sistema, sempre atualizados.

    Fechar
  • PPRA / PCMSO  
  • PPRA / PCMSO

    Pautado na norma regulamentadora NR9 a Programação de Prevenção de Riscos Ambientais tem por objetivo a preservação da saúde e integridade do trabalhador, por meio de antecipação, avaliação e controle dos riscos ambientais existentes ou que venham a existir no ambiente de trabalho, tendo em vista a proteção ao meio ambiente e recursos naturais. Em sua estrutura levam-se em conta os agentes físicos, químicos e biológicos. Além destes agentes destacam-se também os riscos ergonômicos e os riscos mecânicos. É importante a manutenção destes dados no PPRA para que a organização não sofra nenhuma ação de natureza civil por danos causados ao trabalhador, mantendo-se atualizados os laudos técnicos, e o Perfil Profissiográfico Previdenciário.

    Assim como o PPRA, o Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO) segue as diretrizes das normas regulamentadoras, neste caso especificamente a NR7.

    Trata dos exames médicos obrigatórios para as empresas. O MDT dispõe do relacionamento dos exames admissionais, exames periódicos, de retorno ao trabalho, de mudança de função, demissional e exames complementares dependendo do grau dos riscos da empresa e relação a agentes químicos utilizados, ruídos, radiações ionizantes, benzeno entre outros, ficando a critério do médico do trabalho, auxiliado pelos quadros da própria NR7, bem como da NR 15, podendo ser estipulados exames específicos para cada risco a que o colaborador esteja exposto.

    Fechar
  • PPP (Perfil Profissional Previdenciário)  
  • PPP (Perfil Profissional Previdenciário)

    Buscando o atendimento dos requisitos legais, o MDT disponibiliza a elaboração automática e atualizada do Perfil Profissiográfico Previdenciário, apoiado pela integração do PPRA e do PCMSO se utilizando de informações disponíveis no módulo gestão de pessoas para seu complemento. Este relatório disponibiliza informações importantes para o histórico individual de cada colaborador, relatando sua exposição a agentes nocivos prejudiciais à saúde como: ruídos, poeira, produtos químicos. Este documento apoia ainda a concessão de aposentadorias especiais aos empregados que exerçam atividades em ambientes insalubres. Nele estão inclusas informações dos laudos técnicos como o LTCAT que deverão estar acordados com o PPP no momento de sua emissão. O PPP servirá como prova efetiva da exposição do colaborador a agentes nocivos.

    Fechar
  • Índices FAP  
  • Índices FAP

    Os índices FAP são tratados no MDT com base nos novos critérios da legislação para a obtenção dos cálculos das alíquotas de tarifação individual por empresa ao seguro acidente.

    Como resultado, o MDT disponibiliza a geração destes índices automaticamente com base nos históricos de acidentes registrados no módulo. Os índices FAP podem ser consultados por meio gráfico ou relatório específico, compostos pelos índices de frequência, gravidade, custos, rotatividade e suas respectivas variações.

    Fechar

Indicadores Gerenciais

O MDT contém, dentre outras, uma poderosa ferramenta gerencial: O gerenciador de indicadores. Trata-se de uma suíte extremamente versátil e amigável, que permite a apresentação da mais variada gama de indicadores gerenciais.

Por meio desta facilidade, além de utilizar os indicadores padrões fornecidos pelo MDT, o usuário poderá criar os seus próprios referenciais. Os indicadores podem ser definidos com riqueza de detalhes sobre a sua composição, bem como com valores referenciais de avaliação.


Integração com ERP

Esta ferramenta gerencial possui funcionalidades para controle da saúde e segurança do trabalho visando a qualidade de vida do colaborador, controlando atividades no âmbito ocupacional e assistencial. O MDT dispõe de integrações com os módulos do Protheus. Com os módulos da área administrativa, o MDT se integra com o gestão de pessoas, compras e estoque. A integração com o gestão de pessoas permite que todas as informações dos funcionários estejam sempre atualizadas, inclusive os setores em que trabalham e os cargos que ocupam. Atualiza ainda os afastamentos definidos pelo médico por motivo de doença ou acidente, provendo a análise de disponibilidade de mão de obra.

Na gestão de materiais o MDT interage com os módulos de compras e estoque para obter informações de produtos e fornecedores de exames (laboratórios, clínicas, hospitais e etc.), fornecedores de equipamentos e ferramentas via solicitação de compras para suprir as necessidades de EPI’s, EPC’s e ainda o acompanhamento dos equipamentos da brigada de incêndio.

Outra importante integração do MDT é com o módulo de gestão ambiental, o SGA. Pela utilização da estrutura organizacional (elencando todos os processos ou departamentos da empresa), planos de ação (utilizando a metodologia 5W2H), gerenciando planos de atendimento e emergências ambientais e ocupacionais e gestão de requisitos legais e outros.

O sistema proporciona um diálogo eficaz com o módulo Manutenção de Ativos, compartilhando os cadastros de todos os equipamentos de proteção coletiva. Com isso, é possível acompanhar o plano de manutenção e melhorias realizadas nestes recursos, permitindo a geração de ordens de serviços da manutenção.



Ficou interessado?

Peça uma Demonstração!

Dentro de 24 horas (horário comercial) um dos nossos profissionais entrará em contato para atendê-lo!

Enviando mensagem ...

MENSAGEM ENVIADA!

Sua mensagem foi enviada com sucesso!
Estaremos respondendo o mais breve possível.
A NG Informática agradece!


redirecionando ...

Localização

Av. Santos Dumont, nº 935
Bairro Santo Antônio
Joinville - SC
CEP 89218-105
Fone (47) 3433-9282