Sustentabilidade lucrativa: a tendência do Marketing Verde

Neste post, você verá:

Aproveitando a oportunidade, temos disponível em nosso blog um ebook no completo e gratuito sobre como escolher o melhor software para gestão ambiental e de resíduos. Para baixá-lo, basta clicar no link a seguir.

Sustentabilidade lucrativa: a tendência do Marketing Verde

Agora, vamos ao conteúdo!

Sustentabilidade lucrativa: a tendência do Marketing Verde

Reciclar o lixo, reduzir o desperdício e economizar água e energia elétrica. São pequenas ações que, inseridas no ambiente corporativo, fazem a diferença, especialmente quando a empresa passa a ser reconhecida pela sua gestão ambiental e faz da sustentabilidade um elemento de competitividade, o chamado Marketing Verde.

Considerando que as organizações estão cada vez mais cada vez mais estão sendo desafiadas a lidar com questões ambientais, transformações do ecossistema e avanços de tecnologia, as empresas que se atentarem para essa responsabilidade colherão benefícios econômicos e sociais, além de fortalecerem a marca.

Uma empresa sustentável é mais competitiva em seu mercado porque é capaz de aumentar as suas margens de lucro ou reduzir o preço de venda, já que seus custos fixos são menores. Além disso, conta com um diferencial em um momento em que os consumidores estão cada vez mais conscientes e preocupados em diminuir seu impacto no meio ambiente.

O caso da Volkswagen do Brasil é um ótimo exemplo. A fabricante alemã recebeu diversos prêmios e notoriedade na imprensa por meio de iniciativas de sustentabilidade relacionadas ao programa “Think Blue. Factory.”, como a redução de aproximadamente 11% no consumo de água por veículo produzido nas quatro fábricas brasileiras da marca. O programa tem a meta de reduzir em 25% os consumos de água e energia, a destinação de resíduos do processo produtivo a aterros e as emissões de CO2 e de solventes até 2018, em todas as fábricas da Volkswagen no mundo. Com iniciativas assim, a marca faz economia e, consequentemente, gera lucro.

Esse exemplo deixa claro que a minimização do consumo de água – que pode ser também de energia, matérias-primas e insumos – ajuda na redução de custos e aumenta a competitividade dos negócios. Além dos benefícios econômicos, há também os sociais, já que funcionários, consumidores e fornecedores participam das comunidades que são impactadas por sua empresa, e de publicidade na mídia, que auxilia nas vendas de produtos ou serviços, além de reforçar boas práticas.

A sustentabilidade é a grande sacada do marketing nos negócios, basta que as empresas inovem e, assim, atinjam o tão desejado ciclo virtuoso de empresas sustentáveis que dão lucro, atraindo investidores que ajudam a aumentar essa margem, recebem retorno financeiro e podem impulsionar o crescimento de outras empresas, e assim por diante.

Solicite uma demonstração gratuita

Scroll Up