Por que a sua empresa precisa se preocupar com a manutenção predial?

Médias e grandes empresas possuem uma preocupação constante com o seu processo produtivo (core). Normalmente, o ciclo de processo combina uma série de fatores que levam até o produto final e requer uma estrutura predial “gigante” para o desempenho das tarefas.

Por ser “gigante”, essa estrutura precisa de manutenção periódica para manter as instalações em perfeitas condições de uso para o trabalhador. Não só isso, para impedir que gastos desnecessários acabem prejudicando o sucesso e andamento das atividades. 

Não sabe qual é a importância de se preocupar com o que não é core e de fazer a Gestão de Facilities para manutenção predial? Sem pânico! É sobre esse tema que vamos falar no post de hoje! 

Boa leitura!   

A importância de se preocupar com a manutenção predial

Gastos desnecessários no consumo de energia, desperdícios de água, falhas potenciais e funcionais em máquinas e equipamentos, enfim. Tudo isso pode atrasar o andamento do ciclo produtivo e/ou prejudicar a qualidade do trabalho dos profissionais.

Nenhuma empresa quer ter que interromper suas atividades ou parar a produção por questões como essas, não é? Mas essas são coisas que podem acontecer a qualquer momento, caso não exista cuidado e preocupação em realizar a manutenção predial.

A manutenção predial consiste em realizar serviços de manutenção preventiva, corretiva e preditiva no prédio. Como, por exemplo, assistência mecânica, elétrica e hidráulica substituindo peças, trocando componentes, limpando ou reparando equipamentos, entre outros. 

O processo produtivo é o core business da empresa e merece atenção, sem dúvida. Mas é fato que a estrutura predial onde ocorre todo o ciclo produtivo também precisa de atenção.

Já imaginou se a sua indústria está com a estrutura predial “caindo aos pedaços?” Ou o encanamento e as instalações elétricas apresentam problemas com frequência? Como será que fica a segurança dos seus trabalhadores e o andamento das operações? 

Sem a manutenção predial, a estrutura que comporta todo o seu processo produtivo corre o risco de ruir e gerar gastos desnecessários para o seu bolso. E essas são duas coisas com que você não precisa mais se preocupar se fizer a manutenção predial periódica.  

Não sabe se a sua empresa precisa de Gestão de Facilities? Clique para descobrir

Gestão de Facilities: como fazer a manutenção predial de modo simples

A manutenção predial engloba uma série de atividades que ajudam a manter as instalações da empresa em perfeitas condições de uso. Instalações de água, luz, esgoto, entre outros exemplos, precisam funcionar corretamente para que os processos produtivos sejam realizados corretamente e sem interrupções. 

Como as médias e grandes empresas possuem instalações mais robustas que as pequenas empresas, fazer a Gestão de Facilities sobre todo o prédio pode ser um desafio. Afinal, são muitas áreas e departamentos que requerem manutenção periódica (banheiros, escritório, sala de reuniões, galpões, estoques, vestiário, entre outros).

Até pouco tempo atrás, o profissional de gestão precisava fazer a Gestão de Facilities manualmente. E isso era algo que podia exigia muito tempo, esforço e dedicação. 

Entretanto, desde que a tecnologia passou a ser inserida nas companhias, o gestor já pode optar por ferramentas mais modernas para realizar esse controle de modo simples. Ferramentas como, por exemplo, um software de Gestão de Facilities.  

Como um sistema de Gestão de Facilities é capaz de ajudar?

Podemos dizer que um sistema de Gestão de Facilities é um facilitador de tarefas. Com ele é possível planejar e operacionalizar todos os processos, alinhando as estratégias da empresa para o alcance mais rápido dos objetivos.

Como a Gestão de Facilities pode ser otimizada com um software uma vez que disponibiliza módulos para ampliar a manutenção de ativos e como permite uma visão ampliada das solicitações de serviços, o gestor consegue ter mais tempo e disponibilidade para se dedicar ao negócio. 

Também consegue aumentar a qualidade dos trabalhos executados e minimizar os custos com a infraestrutura. Assim sendo, é capaz de ampliar cada vez mais a sua competitividade e garantir a satisfação dos clientes.

Entre os principais objetivos de utilizar um software de Gestão de Facilities, destacamos: 

  • Redução do custo operacional;
  • Melhor aproveitamento da equipe interna e de terceiros;
  • Aumento da eficiência e produtividade;
  • Agilidade no atendimento;
  • Maior qualidade dos serviços;
  • Melhor performance das instalações. 

Incrível, não é? Com o apoio dessa ferramenta, o gestor não precisa mais perder tanto tempo para manter todas as instalações do prédio em dia e em perfeitas condições de uso. 

Se você ainda não conhece um sistema capaz de fazer tudo isso pela sua empresa,  clique e peça agora mesmo uma demonstração do software de Gestão de Facilities da NG. Veja como fazer a manutenção predial pode ser fácil, simples e sem qualquer tipo de burocracia!

Scroll Up