Infográfico: como montar um plano de lubrificação?

Neste post, você verá:

Mas, se você já sabe como montar um plano de lubrificação eficiente e está apenas procurando uma solução tecnológica para controlar estes processos na sua empresa, nós selecionamos um ebook completo e gratuito que pode ajudar na escolha do software ideal. Para baixá-lo, basta clicar no link a seguir.

Infográfico: como montar um plano de lubrificação?

Agora, vamos ao conteúdo!

Infográfico: como montar um plano de lubrificação?

Na manutenção de ativos, detalhes fazem diferença. Por isso, atenção ao plano de lubrificação preventiva é crucial para evitar o desgaste prematuro de suas respectivas peças. A aplicação da quantidade e tipo adequados de óleo ou graxa, no tempo certo, pode determinar a disponibilidade de um equipamento ou uma parada não programada.

Você sabe como fazer um plano de lubrificação industrial na medida para sua empresa? Confira nesse infográfico os passos que vão ajudar você a chegar lá!

plano-lubrificacao-low

Que a manutenção de máquinas e equipamentos exige atenção e um controle cuidadoso, você já sabe. E um ponto crucial para aumentar a eficiência na manutenção de ativos são os planos de lubrificação industrial, que garantem baixo custo e alto desempenho dos equipamentos.

O desgaste da superfície das peças responde por 70% das causas de parada de um equipamento. Na maioria dos casos, a lubrificação inadequada é uma das razões que levam às falhas.

Confira os passos para construir um plano de lubrificação preventiva na sua empresa!

Passo 1: Mapeie as máquinas e equipamentos da sua empresa

Faça um levantamento detalhado de máquinas e equipamentos da sua empresa que devem fazer parte do seu plano de lubrificação.

Passo 2: Identifique os pontos a serem lubrificados

Ao identificar as máquinas, indique também os pontos a serem lubrificados, assim como os intervalos de lubrificação recomendados.

Indicar os pontos de aplicação com placas ou adesivos é uma ótima opção para não perder nada de vista.

Passo 3: Defina o lubrificante indicado para cada ponto

Claro que é crucial indicar os lubrificantes a serem usados em cada ponto, para evitar problemas, além das quantidades necessárias.

O ideal é utilizar códigos definidos, de acordo com a norma DIN 51502, que regulamenta todas as classes de lubrificantes convencionais. Para facilitar, consulte o manual do equipamento ou máquina.

Passo 4: Desenhe rotas inteligentes para a execução da manutenção

De acordo com a distribuição das máquinas na sua empresa, assim como sua disponibilidade, frequência de aplicação e tempo para lubrificação, desenhe as rotas mais eficientes para orientar a execução do seu plano de lubrificação.

Não esqueça de levar em consideração que alguns pontos podem ser lubrificados com as máquinas trabalhando, já outros exigem a parada dos equipamentos.

Passo 5: Gerencie seus estoques

Com a lista dos equipamentos, pontos de lubrificação, quantidade e tipo de lubrificante, é preciso garantir o fornecimento contínuo e automático dos lubrificantes no tempo certo.

Passo 6: Identifique as falhas de lubrificação e faça as correções necessárias

Selecione indicadores para direcionar as atividades de lubrificação e controlar a execução e as falhas do processo. Serviços não executados ou transferidos, falta de lubrificante e até as paradas não programadas podem demonstrar melhorias a serem feitas no plano de lubrificação proposto.

O acompanhamento do plano de lubrificação é feito com base na análise diária da rotina do lubrificador e na reprogramação das suas atividades. Indicadores como  periodicidade de substituição de lubrificantes, e dimensionamento de mão de obra, podem ajudar a acompanhar o processo.

Passo 7: Use tecnologia a seu favor

Se você achou que tem detalhe demais pra cuidar aqui, lembre-se de contar com a tecnologia! Uma solução especializada dispõe de ferramentas para o controle dos pontos de lubrificação, roteiros e o planejamento da rotina. O controle dos serviços e indicadores também é facilitado, com registro dos históricos de lubrificação.

A lubrificação preventiva dos equipamentos, é essencial para garantir uma maior disponibilidade de máquinas e equipamentos, além da redução com custos de correção. Ao desenhar o plano de lubrificação preventiva, leve em conta a realidade da sua empresa, mas não desista dele.

Você pode baixar o infográfico em alta resolução, através do link a seguir.

Infográfico: como montar um plano de lubrificação?

Scroll Up