5 passos para aumentar a vida útil dos pneus da frota da sua empresa

Neste post, você verá: 

Agora, se você já sabe a importância da gestão de pneus, conhece boas práticas para aumentar a vida útil dos pneus da frota da sua empresa, e está apenas buscando a solução ideal para iniciar estes processos, nós selecionamos um ebook completo e gratuito com os 5 principais cuidados ao escolher uma solução tecnológica para a gestão de frotas. Para baixá-lo, basta clicar no link a seguir.

5 passos para aumentar a vida útil dos pneus da frota da sua empresa

Mas, se você ainda tem alguma dúvida sobre o assunto, vamos ao conteúdo!

5 passos para aumentar a vida útil dos pneus da frota da sua empresa

Chegou a hora de falarmos sobre como atingir o potencial máximo dos pneus. Além de ser um fator de alto custo, eles demandam muita disciplina quanto às rotinas de manutenção e troca. Você sabia que rodar com pressão 20% abaixo do ideal aumenta o desgaste do pneu em 16%?

Então, preste bem atenção nas dicas a seguir, que vão falar sobre os cuidados imprescindíveis para aumentar a vida útil dos pneus da frota da sua empresa:

Calibragem

A pressão de ar é um fator crucial na vida útil dos pneus, sendo o que mais afeta seu desgaste, reduzindo sua vida útil. Por isso, é muito importante mantê-los sempre calibrados com a pressão de ar indicada no manual do fabricante do veículo, relacionada à carga e velocidade praticada. Verifique as pressões semanalmente e sempre com os pneus frios. Ah, não esqueça de calibrar o estepe também!

Válvulas

Quando estiver fazendo a checagem da pressão, lembre-se de examinar as válvulas dos pneus. Com essa verificação, você garante que não existam vazamentos de ar e que todas as válvulas estejam com suas respectivas tampas.

Alinhamento

Impactos em buracos e irregularidades nas entradas podem desalinhar o eixo dianteiro dos veículos, gerando instabilidade. Então, faça o alinhamento a cada 10 mil quilômetros rodados, quando sofrer algum impacto ou no momento de troca dos pneus. Avaliações visuais também ajudam, se você notar mais desgaste em um pneu do que em outro, é hora de alinhar.

Balanceamento

Rodas mal balanceadas causam perda de tração, vibrações ao dirigir e desgaste irregular dos pneus e outros componentes mecânicos, como a suspensão. Ao perceber alguma dessas características no veículo, faça o balanceamento. E a regra dos 10 mil quilômetros rodados e de aproveitar o momento de troca dos pneus para fazer o alinhamento, também vale aqui.

Rodízio dos pneus da frota 

O rodízio dos pneus serve para equilibrar o desgaste e fazer com que suas bandas de rodagem fiquem semelhantes, tanto nos pneus dianteiros quanto nos traseiros. Isso é necessário porque os pneus do eixo motriz costumam se desgastar três vezes mais rápido que os outros. Procure fazer o rodízio, juntamente com o alinhamento e balanceamento do veículo, a cada 10 mil quilômetros.

Não há como escapar: para fazer uma gestão de frotas eficiente, você precisa ser muito cuidadoso quanto as condições de uso dos pneus, controlar a quilometragem rodada e manter as manutenções preventivas sempre em dia.

Para garantir a eficiência máxima dos pneus, e com isso reduzir as despesas com a frota, conte com a tecnologia! A solução ideal permite organizar esse processo, facilita a gestão da sua frota e não deixa você perder nenhuma data para a manutenção preventiva dos veículos.

Solicite uma demonstração gratuita

Scroll Up