Administrando a parte diária na construção civil

O setor da construção civil é notavelmente um dos que mais cresceram ao longo dos últimos anos e esse avanço tende a ser maior no período que sucederá a pandemia do Coronavírus (Covid-19)

De acordo com os dados fornecidos pelo IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o setor da construção civil cresceu 1,6% no ano de 2019, o que deu suporte para o crescimento geral do PIB, que foi de 1,1%

A grande competitividade no setor demonstra que o bom planejamento é fundamental para as empresas que almejam destaque. Uma importante prática é a do monitoramento da parte diária na construção civil. 

Entenda o que de fato ela é e como a sua devida administração pode impactar os resultados de uma obra! 

A parte diária na construção civil

Toda obra conta com uma série de procedimentos que se não forem bem administrados podem resultar em vários prejuízos desnecessários! 

Você já parou para pensar no quão produtivos os seus equipamentos são? O tempo é muito precioso. Sendo assim, você precisa ter a noção do nível de eficiência operacional de seus equipamentos. 

A parte diária do monitoramento de uma obra se refere principalmente ao custeio da hora/máquina.

Se o seu objetivo for realizar o melhor trabalho possível, dentro do menor tempo e com o menor custo possível, então esse controle é fundamental para que você possa analisar os pontos a serem ajustados. 

A importância do monitoramento diário

Quando você monitora o custo da utilização de um equipamento, você passa a ter um controle preventivo sobre as ferramentas, já que você saberá com antecedência qual é o momento certo para se fazer manutenções preventivas.

Não apenas nas manutenções, mas também na alternância do equipamento entre obras distintas, evitando assim a sua ociosidade na área de construção.

O monitoramento diário demanda um grande detalhamento das operações, por isso contar com o apoio da tecnologia é completamente necessário. 

E se você pudesse economizar entre 20% e 55% nos custos de manutenção por conta da adoção de boas práticas? Confira abaixo como a tecnologia vai ajudar a ter um maior controle sobre as obras e ainda a economizar! 

Acompanhamento com o suporte da tecnologia 

Dada as explicações acima, fica bastante visível a importância do monitoramento da parte diária na construção civil. Para que esse acompanhamento possa ser realizado de forma perene, nada melhor do que contar com a tecnologia! 

Os software voltados para o setor da construção civil podem ser a solução para a equipe gestora que deseja ter um acompanhamento preciso do processo de construção, checar pendências e ter plena noção do custeio do trabalho. 

A NG Informática, focada em trazer produtividade para o setor de construção civil, elaborou um software completo, destinado a esse público. O software é chamado RM – Construção Civil.  

O destaque vai para a completa integração com o TOTVS Obras e Projetos, que garante a adição de funcionalidades muito importantes para o setor de construção civil: 

    • Ferramenta de orçamento;
    • Planejamento e acompanhamento;
    • Revisão do projeto para histórico de comparação;
    • Equalização de mão de obra, compras de acordo com histograma;
    • Pedido extra com aprovação;
    • Geração de fluxo de caixa a incorrer e controle de contratos.

No que diz respeito à gestão da parte diária, o software possui uma série de especificidades que podem facilitar o seu dia a dia, que são: 

  • Cadastro das horas de trabalho diária de cada equipamento: Insira dados de utilização dos equipamentos e acompanhe o histórico de utilização;
  • Acompanhamento do nível de produtividade e improdutividade: Entenda o nível percentual de utilização do equipamento;  
  • Relatórios de eficiência operacional: O equipamento está muito tempo ocioso? Tenha plena noção de seu nível operacional observando os relatórios completos emitidos pelo sistema RM.
  • Impressão do código de barras do patrimônio: Aperfeiçoe o controle sobre seus bens, utilizando códigos de barra que permitem acesso rápido às suas respectivas informações no sistema; 
  • Exportação de custos de bens, enviando informações para o sistema Corpore/TOP da RM: Funcionalidade que complementa outra ferramenta RM e fornece uma experiência mais rica em detalhes. 

A ferramenta também conta com outras exclusividades que devem ser destacadas: 

  • Material rodante: Você no controle dos equipamentos! Tenha plena noção de tudo o que está sendo utilizado, onde e por quanto tempo será utilizado;
  • Transferência de equipamentos: Fará negociações de troca com outra empresa? Sem problemas, aqui você pode contar com o histórico detalhado de negociações; 
  • Abastecimento e lubrificação: Tenha o controle sobre as manutenções preventivas, checando datas e o estado dos equipamentos;
  • Mobilização/desmobilização de equipamentos (PME): Conte com a inteligência do software para identificar quais são os equipamentos necessários em uma obra e o quanto eles serão necessários. 
  • Locação de equipamentos: Vai alugar algum equipamento? Acompanhe o custeio completo por meio dessa funcionalidade.  

Um sistema como esse pode transformar a realidade da sua empresa do setor de construção civil, trazendo mais praticidade na gestão e sem dúvida maximização dos resultados. 

Conheça a ferramenta na prática! Faça um teste demonstrativo hoje mesmo, é só acessar o link, preencher o formulário e aguardar o contato do especialista que fará a implantação demonstrativa!

Scroll Up