PMOC: em que momento sua empresa precisa se preocupar com ele

O PMOC é obrigatório para todas as empresas com sistema de climatização de capacidade acima de 5 TR (60 mil BTU/H), mesmo que seja atingida pela soma de pequenos sistemas dentro de um mesmo ambiente. Então, ambientes como aeroportos, hospitais, instituições de ensino e empresas dos mais variados segmentos, por exemplo, precisam estar em conformidade com a lei, segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Neste post, você verá:

Agora, se você já sabe a importância do PMOC e está apenas buscando a solução ideal para iniciar estes processos na sua empresa, nós selecionamos um ebook completo e gratuito sobre como escolher o melhor software para a área de manutenção de ativos. Para baixá-lo, basta clicar no link a seguir.

PMOC: em que momento sua empresa precisa se preocupar com ele

Mas, se você ainda tem alguma dúvida sobre este assunto, vamos ao conteúdo!

PMOC: em que momento sua empresa precisa se preocupar com ele

Você já sabe a importância do PMOC (Plano de Manutenção, Operação e Controle) para o bom funcionamento do seu sistema de climatização e consequentemente para o bem estar dos seus funcionários, e inclusive como ele surgiu. Mas, ainda pode existir uma dúvida sobre o assunto: qual é o momento ideal (e obrigatório!) para utilizar o PMOC na sua empresa?

Razões para se elaborar um PMOC

De acordo com a portaria MS nº 3.523/98, as empresas precisam se preocupar com a qualidade do ar de seus ambientes climatizados para preservar a saúde, o bem estar, o conforto e a produtividade dos seus funcionários, reduzindo assim os índices de absenteísmo (ausência) da empresa.

A falta do PMOC nos casos obrigatórios pode levar as empresas a terem um considerável prejuízo com multas que variam de R$ 2 mil até R$ 200 mil. Além de licenças médicas e processos judiciais que podem ser abertos por pessoas que foram contaminadas pela má qualidade do ar na empresa.

Da fiscalização

A fiscalização do sistema de climatização nas empresas é realizada pela Vigilância Sanitária por meio das Secretarias de Saúde. Já a contratação de um responsável técnico (engenheiro mecânico) habilitado para a elaboração do PMOC da empresa é fiscalizada pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea) de cada estado.

O proprietário da empresa ou instituição, quando solicitado, deverá apresentar o PMOC com os respectivos registros de execução e do resultado obtido, bem como o comprovante de recolhimento da taxa de Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) do engenheiro mecânico pela elaboração, implantação e fiscalização do PMOC para os ambientes climatizados.

Além do cumprimento da lei, ao contar com um PMOC de qualidade sua empresa tem benefícios como:

  • Redução do custo com manutenção e operação do sistema de ar condicionado, bem como aumento da vida útil dos equipamentos;
  • Economia no consumo de energia;
  • Aumento do conforto térmico;
  • Certeza de um ar puro e livre de contaminação;
  • Qualidade de vida.

Ou seja, com a implantação do PMOC, além de estar cumprindo a lei, o gestor passa a ter uma melhor administração da manutenção de ativos da empresa – evitando gastos desnecessários com manutenções avulsas, aumentando o tempo de vida útil dos equipamentos, reduzindo seus custos com energia elétrica e o mais importante: melhorando a qualidade do ar dos ambientes climatizados e, consequentemente, prezando pela saúde dos seus funcionários!

Solicite uma demonstração gratuita

Scroll Up