Gestão de Resíduos: quem é o responsável por ela na sua empresa?

Neste post, você verá:

Aproveitando a oportunidade, nós temos disponível em nosso blog um ebook completo e gratuito sobre como escolher o melhor software para gestão ambiental e de resíduos. Para baixá-lo, basta clicar no link a seguir.

Gestão de Resíduos: quem é o responsável por ela na sua empresa?

Sem mais delongas, vamos ao conteúdo!

Gestão de Resíduos: quem é o responsável por ela na sua empresa?

Uma empresa sustentável é mais competitiva em seu mercado porque é capaz de aumentar as suas margens de lucro ou reduzir o preço de venda, já que seus custos fixos são menores. Além disso, conta com um diferencial em um momento em que os consumidores estão cada vez mais conscientes e preocupados em diminuir seu impacto no meio ambiente, não é mesmo?

O setor de tratamento de resíduos industriais, por exemplo, deve crescer 26% nos próximos cinco anos e atingir a cifra de R$ 16,3 bilhões – hoje, ele é estimado em R$ 13 bilhões, segundo a Abetre (Associação Brasileira de Empresas de Tratamento de Resíduos e Efluentes). Para a entidade, o crescimento está ligado às necessidades de investimentos cada vez maiores em gestão ambiental e sustentabilidade.

Esses números dão a dimensão de que a destinação correta dos resíduos deve fazer parte da rotina de empresas de todas as áreas. E essa preocupação começa com a elaboração de um plano de gestão de resíduos, que visa identificar todos os tipos de resíduos existentes na companhia, como efluentes industriais, efluentes sanitários, resíduos orgânicos e recicláveis. O trato adequado dos resíduos é um grande desafio e, devido à urgência dessa demanda, um novo profissional tem ganhado muito destaque no mercado, mostrando-se de grande importância para a questão ambiental: o gestor de resíduos. Conheça mais sobre a profissão do momento!

O que um gestor de resíduos faz?

Seu objetivo é gerenciar o passivo ambiental do negócio, ou seja, o conjunto de todas as obrigações que as empresas têm com a natureza e com a sociedade. O gestor de resíduos é responsável por reduzir os impactos ao meio ambiente ocasionados pela atividade da empresa e seus funcionários, seja de forma individual ou coletiva. Assim, cabe ao gestor de resíduos evitar danos ambientais e quando não for possível, criar mecanismos para minimizar os efeitos causados ao meio ambiente como ações de recuperação.

Quais são as atividades realizadas?

O gestor de resíduos deve ser capaz de mapear a geração de resíduos da empresa, observando processos produtivos para definir estratégias adequadas de seu tratamento além de treinar funcionários, promovendo a conscientização ambiental para provocar uma mudança comportamental com relação aos resíduos gerados.Também é o responsável por classificar, armazenar os resíduos conforme os parâmetros da legislação vigente, lei nº 12.305/10, para dar-lhes o destino mais adequado, visando minimizar os riscos ambientais e humanos.

Em uma construção, por exemplo, esse profissional é o responsável por implantar programas de gestão de resíduos nos canteiros de obras. Analisar opções de possibilidades de reciclagem e aproveitamento dos resíduos da obra, notadamente os de alvenaria, concreto e cerâmicos. Além de contratar uma empresa para remoção e escolher o local destinado ao descarte e também levantar informações sobre os fornecedores de insumos e serviços com possibilidade de identificar providências para reduzir ao máximo o volume de resíduos gerados na obra.  

Quais são as habilidades desejadas?

Para uma atuação concisa e eficiente na área, o profissional deve ter graduação nas áreas de engenharia biológica, química ou ambiental. Dado que o tratamento de resíduos é uma tarefa crítica e que requer conhecimentos aprofundados, é necessário que a pessoa tenha especializações em gestão ambiental, relacionadas com a disposição e tratamento de resíduos.

Esta especialização envolve estudar conceitos sobre desenvolvimento sustentável, legislação ambiental, gestão de resíduos urbanos (sólidos, líquidos e atmosféricos), sistemas de gestão ambiental, geologia e tecnologia aplicada, análise de riscos ambientais, entre outras disciplinas.

Esta profissão tem futuro?

As perspectivas são otimistas para o profissional, dado que o tratamento e a disposição de resíduos são preocupações cada vez mais evidentes, especialmente devido à forte conscientização ambiental que vem tomando espaço ao nível governamental e empresarial. O público vem dando preferência a consumir produtos de empresas que manifestam preocupação ambiental e de sustentabilidade, e que, preocupadas com a saúde do trabalhador e do meio ambiente, buscam atuar de forma responsável, aplicando soluções tecnológicas avançadas para reduzir a produção de resíduos.

A consolidação da sustentabilidade como valor de mercado vem ocorrendo em ritmo cada vez mais acelerado e a questão do descarte correto do lixo já é um problema atual na maior parte das grandes cidades brasileiras, e ter um bom gestor de resíduos é o que toda empresa inovadora e competitiva deve desejar!

Solicite uma demonstração gratuita

Scroll Up